O QUE É AYURVEDA?

Atualizado: 12 de jul. de 2021

Qual é o conceito do Ayurveda? muitos referem-na como ciência, filosofia, medicina. Mas afinal o que é? Neste post vamos falar sobre este assunto que tem começado a ganhar popularidade no ocidente.


Ayurveda é assunto que tem ganhado popularidade no Ocidente, especialmente aos adeptos a prática de Yoga. Mas o que é de facto Ayurveda?

Ayurveda, cuja etimologia significa ciência da vida, é muito mais do que um sistema medicinal. Além da área da medicina, ela também envolve outras áreas de conhecimentos, tais como: Filosofia, Psicologia, Astrologia, Astronomia, Espiritualidade, entre outras. A partir deste leque de ramificações de assuntos de diferentes esferas de conhecimento da vida, esta ciência nos traz práticas e estudos relacionados a fitoterapia, nutrição, desintoxicação do corpo e da mente, estilo de vida, massagens, pranayamas (exercícios de respiração), meditação e yoga.

Como nota de curiosidade sobre Yoga e Ayurveda, estas são duas ciências irmãs que provem da mesma filosofia, a principal diferença é que o Ayurveda direciona os objetivos ao Dharma, que nos ensina como viver a vida de forma correta; enquanto o Yoga foca nos objetivos Moksha, que nos conduz ao alinhamento ser-consciência. Contudo, ambos seguem um sistema holístico, ou seja, consideram cada ser como uma entidade única no que diz respeito a corpo, mente, espírito e consciência.

Especula-se que sua origem se deu no Himalaia, norte da Índia, e remota há 5000 mil anos ou mais. As literaturas mais antigas preservadas por monges budistas mostram a evolução das tradições medicinais e filosóficas advindas de conhecimentos de profetas e videntes espirituais iluminados sobre Ayurveda, Yoga e Meditação. Estes conhecimentos foram transmitidos oralmente de mestres para discípulos, registadas, por conseguinte, em forma de poesias sânscritas, conhecidas como Vedas, que elucidavam os conhecimentos históricos, religiosos e medicinais dominantes naquele período. Futuramente viriam a constituir a base da cultura e religião indiana, sobretudo do hinduísmo a partir do qual ramificaria para outras áreas.

A primeira escola de medicina Ayurveda consta em relatos anteriores a 800 a.C. foi fundada por Punarvasu Atreya que registou junto de seus alunos conhecimentos médicos que viriam, a seguir, influenciar outros profissionais desta área como Sharaka, um estudioso que viveu por volta de 700 a.C e identificou mais de 1.500 plantas, e catalogou 350 plantas como medicamentos úteis, que até hoje possuem prestígio para estes fins. Além destes autores, Charaka, Sushuruta e Vagbatha complementam os pilares das escrituras clássicas Ayurveda.

Budha, nascido em 550 a.C., era seguidor do Ayurveda. Com a disseminação do budismo às atuais regiões do Tibete, China, Mongólia, Coreia e Ceilão, fez com que a prática do Ayurveda ganhasse destaque no oriente. Neste período as civilizações antigas estavam conectadas entre si por rotas comerciais, logo, os conhecimentos sobre as plantas medicinais através do Ayurveda foram disseminados aos mercadores árabes, que por conseguinte, transmitiram aos gregos e romanos da antiguidade, cuja filosofias e práticas futuramente constituiriam a base da medicina europeia.

A ciência médica Ayurveda é dividida em oito ramos. Seu símbolo é a flor de Lótus com oito pétalas que simbolizam estas oito ramificações, conforme descritos no Atharva Veda, são elas:

  1. Kayachikitsa: Medicina interna

  2. Salaya tantra: Cirurgia

  3. Salakya tantra: Ouvidos, nariz, garganta, olhos e dentes

  4. Agada tantra: toxicologia, e estudo dos venenos

  5. Bhuta vidya: psiquiatria, tratamento de doenças mentais

  6. Bala tantra: ginecologia, obstetrícia e pediatria

  7. Rasaya tantra: ciência do rejuvenescimento

  8. Vajikarana tantra: afrodisíacos para potencializar a vida

Como vimos, o Ayurveda abrange muitas áreas médicas, que basicamente, carregam consigo dois grandes objetivos principais: Curativo – reverter um estado de doença sempre que possível, e, Preventivo – promover a longevidade através de dieta, meditação, pranayamas, fitoterapia, estilo de vida, etc. No entanto, os conhecimentos medicinais dessa ciência não são exclusivos da Índia, por serem particulares e individualizados, podem ser seguidos e aplicados a qualquer pessoa, em qualquer lugar. Namasté,


Essencials Ayurveda



#Ayurveda #Essencialsayurveda #Yoga

30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo